Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva

"Sozinhos vamos mais rápido mas juntos vamos mais longe…"

Projeto Educativo

PEA.jpg

download  Projeto Educativo do AEFCPS ( versão de julho de 2017)

                             download   Relatório de execução do PEA 2018/2019

download  Relatório de execução do Projeto Educativo 2017/2018

download  Relatório de execução do Projeto Educativo 2016/2017

download  Relatório de execução do Projeto Educativo 2015/2016

download  Relatório de execução do Projeto Educativo 2014/2015


O que é o Projeto Educativo?

Projeto Educativo é o primeiro grande instrumento de planeamento da ação educativa da escola, devendo por isso, servir permanentemente de ponto de referência e orientação na atuação de todos os elementos da Comunidade Educativa em que a escola se insere, em prol da formação de pessoas e cidadãos cada vez mais cultos, autónomos, responsáveis, solidários e democraticamente comprometidos na construção de um destino comum e de uma sociedade melhor.
Com o presente projeto, pretendemos fazer um diagnóstico dos constrangimentos e potencialidades da nossa escola e definir estratégias para colmatar e desenvolver o pretendido, as quais traçam as nossas linhas de atuação e servem de referência e garantia da coerência e eficiência do nosso plano de ação.


“Quem caminha sozinho pode até chegar mais rápido, mas aquele que vai acompanhado, com certeza vai mais longe.”

(Clarice Lispector)

O Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva pretende implementar, na sua prática diária, lógicas de escola aprendente que reflete sobre as suas opções, se repensa e equaciona a cada momento. É neste contexto que se definem a missão e a visão do agrupamento, dois conceitos amplamente discutidos e negociados e que norteiam o trabalho educativo.

O Agrupamento pretende dar importantes contributos para a formação de cidadãos hábeis, ativos, criativos, participativos e pensantes, sendo que neste caso, a nossa missão estaria amplamente cumprida. É neste sentido que caminhamos, com alguma utopia, porém carregados de esperança.

Para trilhar tão árduo caminho, traçámos o presente plano de trabalho em torno de quatro eixos educativos que consideramos fundamentais: “Liderança e visão estratégica”, “Sucesso educativo e organização educativa”, “Qualidade do serviço prestado” e “Integração no meio e igualdade de oportunidades”.


Eixos do Projeto Educativo

O Agrupamento pretende dar importantes contributos para a formação de cidadãos hábeis, ativos, criativos, participativos e pensantes, sendo que neste caso, a nossa missão estaria amplamente cumprida. É neste sentido que caminhamos, com alguma utopia, porém carregados de esperança.

Para trilhar tão árduo caminho, traçámos o presente plano de trabalho em torno de quatro eixos educativos que consideramos fundamentais: “Liderança e visão estratégica”, “Sucesso educativo e organização educativa”, “Qualidade do serviço prestado” e “Integração no meio e igualdade de oportunidades”.

Quanto ao primeiro eixo, a “Liderança e Visão Estratégica”, os objetivos e metas centram-se, acima de tudo, na forma como as lideranças de topo e intermédias definem as opções de gestão, tendo por base a diagnose levada a cabo pela equipa do Observatório de Qualidade do Agrupamento e as diferentes orientações da tutela.

No que concerne ao segundo eixo, a “Sucesso Educativo e Organização Pedagógica”, as estratégias e os objetivos centram-se, acima de tudo, na melhoria do desempenho escolar dos alunos. Neste eixo concentram-se as diferentes opções em termos medidas de promoção do sucesso escolar, de metodologias ativas, de inovação pedagógica e oferta formativa. Neste campo, é de fulcral importância criar condições para um desenvolvimento harmonioso de competências nos alunos, para que fiquem dotados de ferramentas adequadas de modo a que se tornem “homens criadores”, colocando o conhecimento ao serviço da ação e o aluno no centro da sua aprendizagem. Neste âmbito é urgente criar condições para a inovação pedagógica, para a mudança de paradigma educativo, deixando o professor de desempenhar o papel primordial no transmitir de conhecimentos, constituindo-se, ao invés, como um ator privilegiado de orientação de aprendizagens, deixando ao aluno o papel principal na sua própria construção do conhecimento.

No âmbito do contexto socioeconómico em que nos encontramos, é muito importante, que quando os alunos forem confrontados com o mundo do trabalho, demonstrem não só o que sabem, mas também o que sabem fazer. Assim sendo, as opções de atividades a integrar no Plano Anual de Atividades, como as diferentes ofertas extracurriculares e/ou de complemento curricular, deverão proporcionar ambientes formais de aprendizagem, sempre que possível devidamente articulados com o currículo nacional, mas que coloquem, em graus tendencialmente crescentes, os alunos atores privilegiados da construção do conhecimento.

Neste eixo, assume papel central todo o trabalho desenvolvido em torno da melhoria das aprendizagens dos alunos, do qual se destacam as estratégicas pedagógicas relacionadas com a promoção e desenvolvimento do trabalho colaborativo, com a inovação na prática pedagógica, com a articulação curricular e com a monitorização da prática letiva.

No que respeita ao terceiro eixo, “Qualidade do serviço prestado”, definem-se linhas de ação para os diferentes serviços do agrupamento, numa lógica própria de serviço público de qualidade e proximidade, atendendo à realidade social envolvente, porém atento às necessidades de alunos e famílias e às preocupações com o desenvolvimento integral dos alunos.

Finalmente, em relação ao quarto eixo, “Integração no meio e igualdade de oportunidades”, partindo-se do pressuposto fundamental de que a escola é de todos e para todos, o agrupamento tem cultivado a tradição de escola inclusiva, pretendendo-se o alargar desta premissa, de forma que se cultive o respeito por todos e a valorização da diferença. Neste eixo incluem-se aspetos como a equidade de oportunidades e a integração efetiva das diferentes vocações/motivações das crianças/jovens, sendo fundamental que a escola apresente diversidade formativa.

Fica, desta feita, traçado a largas pinceladas e de forma bastante ambiciosa, o que se pretende para o trabalho educativo do Agrupamento. Estes propósitos não se concretizam sem o envolvimento consciente e empenhado de toda a comunidade educativa e dos demais parceiros. Assim, “Sozinhos vamos mais rápido mas juntos vamos mais longe”, resume a pretensão educativa do agrupamento e constitui-se como lema do atual projeto educativo.

Objetivos Estratégicos

Para aferir o grau de consecução destas metas foram definidos indicadores de medida/evidência a fim de quantificar e avaliar o sucesso deste projeto no sentido de repensar e adequar periodicamente as estratégias utilizadas.

  1. Definir a missão e visão do agrupamento, proceder à sua regular atualização e fazê-las incluir nos documentos reguladores.
  2. Construir um referencial de princípios orientadores da organização (P. O. Da Ação Educativa e P. O. da prática pedagógica) e fazê-los incluir no PEA.
  3. Gerir os recursos humanos do agrupamento de forma a maximizar as suas competências e a melhorar os serviços.
  4. Utilizar critérios de eficácia e eficiência na gestão dos recursos materiais e financeiros.
  5. Desenvolver um sistema de gestão de segurança no agrupamento.
  6. Otimizar o desempenho das funções de coordenação das lideranças intermédias.
  7. Melhorar os resultados escolares e otimizar a ação educativa.
  8. Combater a indisciplina e o absentismo.
  9. Educar para a cidadania.
  10. Promover aspetos transversais relacionados com a consciência ecológica.
  11. Promover o valor, a excelência e o mérito.
  12. Promover as Bibliotecas Escolares  como meios de excelência para o desenvolvimento do currículo e das aprendizagens.
  13. Desenvolver processos concertados de articulação curricular.
  14. Incentivar a inovação pedagógica.
  15. Desenvolver o processo de inclusão, integração e acompanhamento dos alunos com NE.
  16. Otimizar o sistema de gestão da informação.
  17. Rentabilizar o sistema de gestão da qualidade do agrupamento.
  18. Diversificar a Oferta Formativa do agrupamento.
  19. Promover a integração escolar do Agrupamento, quer no contexto local que no contexto europeu.
  20. Melhorar a qualidade da participação e integração dos Encarregados de Educação na vida escolar do agrupamento.
Create your website at WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: