Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva

"Sozinhos vamos mais rápido mas juntos vamos mais longe…"

PPIP

Em maio de 2016, o AEFCPS aceitou o desafio, apresentado pela Direção-Geral de Educação (DGE), juntamente com outras cinco escolas convidadas, Agrupamentos de Escolas de Freixo (Ponte de Lima), do Cristelo (Paredes), da Marinha Grande Poente (Leiria), da Fernando Casimiro Pereira da Silva (Rio Maior), da Vila Nova da Barquinha (Santarém) e da Boa Água (Sesimbra), para definir os princípios fundamentais para a conceção do Projeto-Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP).

pip_logo

Formalizado com a publicação do Despacho n.º 3721/2017, de 7 de Abril, o PPIP visa promover o sucesso e a qualidade das aprendizagens de todos os alunos, através do reforço da autonomia das escolas na conceção e adoção de projetos educativos próprios, através da introdução de alterações de âmbito organizacional e pedagógico, nomeadamente ao nível didático e da gestão curricular, que visem responder às suas necessidades específicas e, em simultâneo, promovam um maior alinhamento das práticas educativas com as dinâmicas da sociedade de hoje.

Enquanto projeto-piloto, a monitorização de todo o projeto é da responsabilidade da Direção-Geral da Educação e cabe-lhe coordenar os trabalhos, juntamente com o envolvimento de um Grupo de Acompanhamento, no qual também estão representados a Estrutura de Missão para a Promoção do Sucesso Escolar, a Inspeção-Geral da Educação e Ciência, Agência Nacional para a Qualificação e o Ensino Profissional e a Direção-Geral dos Estabelecimentos Escolares.

O Projeto-Piloto de Inovação Pedagógica do AEFCPS organiza-se em duas grandes dimensões: organizacional e pedagógica; e desenvolve-se procurando conjugar três grandes pilares: autonomia, responsabilidade e cooperação.

As medidas definidas na dimensão organizacional constituem-se como opções estratégicas de gestão de tempo e da forma como a estrutura pedagógica se organiza. De entre estas medidas destacam-se o calendário escolar, a flexibilidade dos grupos turma, a matriz curricular e as ofertas extracurriculares.

As medidas pedagógicas prendem-se com as opções metodológicas, a forma como se define a gestão curricular e o modo como se regulam as aprendizagens.

Create your website at WordPress.com
Iniciar
%d bloggers like this: