Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva

"Sozinhos vamos mais rápido mas juntos vamos mais longe…"

Calendário Escolar

2019/2020

download  Nota Informativa sobre o Calendário Escolar para 2019/2020

download  Calendário escolar_2019/2020

O Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva foi uma das seis escolas públicas portuguesas envolvida no Projeto-Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP).

Com esta experiência-piloto, tentou-se não só melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos, mas também gerar conhecimento sobre fatores que podem facilitar ou dificultar a futura implementação, em contexto escolar, de medidas inovadoras orientadas para o sucesso educativo.

Foi compromisso do Ministério da Educação dar autonomia às escolas para reorganizarem turmas, horários, matriz curricular, programas e calendário escolar, ou seja, para romperem com a legislação que determina muitas das normas que regem as escolas e, em parte, limitam a ação dos professores. A garantia, ainda, de não impor modelos, nem metodologias de trabalho, confiando às escolas a possibilidade de criarem projetos audazes, contextualizados e únicos, consoante as necessidades dos seus alunos e os recursos disponíveis.

Acordados os termos da iniciativa e partilhados os seus princípios fundamentais, entretanto formalizados no Despacho n.º 3721/2017, de 7 de abril, o ano letivo de 2016-2017 decorreu com a conceção dos Projetos-Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP), desenvolvidos em 2017/2018 e 2018/2019.

Os sete agrupamentos de escolas envolvidos identificaram problemas, estabeleceram prioridades, mobilizaram professores, desenharam estratégias e partilharam ideias, em diversos encontros da rede de escolas. Findo o período de vigência do Despacho n.º 3721/2017, de 7 de abril, as escolas PPIP foram convidadas, conforme o estabelecido no n.º 1, do artigo 14º da Portaria n.º 181/2019, de 11 de junho, a convolar os seus projectos em Planos de Inovação.

Com parecer favorável dos Conselhos Geral e Pedagógico reunidos em sessão ordinária, no dia 25 de julho de 2019, seguiu o referido pedido de convolação.

Neste sentido, após a necessária e desejada reflexão das estruturas internas do agrupamento, as alterações ao calendário escolar, para o ano 2019/2020, são agora publicadas e assumem-se como uma das principais estratégias de promoção do sucesso escolar.

Assim, o próximo ano lectivo, à imagem dos anteriores, dividir-se-á em dois semestres. Acreditamos, e a experiência fundamenta esta convicção, que a adoção deste novo modelo de gestão curricular potenciará o esforço e o trabalho empreendidos pelos alunos e criará novas oportunidades e momentos para a regulação das aprendizagens e feedbak. Consideramos, ainda, que a reorganização do tempo letivo será fundamental para a persecução proficiente do projeto educativo implementado – Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe…

Atividades Letivas
26 DIAS INTERRUPÇÃO
Interrupções Letivas
SEMESTRE
Início
Termo
Interrupções Letivas
Início
Termo
1º Semestre
13-set-19
21-fev-20
36 SEMANAS
1ª Interrupção (4 dias)
04-nov-19
08-nov-19
2ª Interrupção (11 dias)
20-dez-19
03-jan-20
2º Semestre
2-mar-20
5-jun-20 a)9-jun-20 b)19-jun-20 c)
169 DIAS LETIVOS
3ª Interrupção (4 dias)
24-fev-120
28-fev-20
4ª Interrupção (6 dias)
06-abr-20
14-abr-20

a) Alunos do 9.º ano, aos quais acrescem as sessões de preparação para prova final e realização de provas até 26 de junho;

b) Alunos do 5.º, 6.º, 7.º, 8.º e turmas PCA

c) Alunos do 1.º ciclo e do pré-escolar

O ano letivo está organizado, por contraponto com o modelo tradicional, da seguinte forma:

calend.png

Com esta proposta de calendário escolar pretende-se trabalhar numa lógica semestral, com ajuste nas interrupções letivas, por forma a encurtar os períodos contínuos de atividade letiva, possibilitar a recuperação de aprendizagens e incluir nas práticas pedagógicas momentos frequentes de balanço do trabalho desenvolvido e dos resultados alcançados. A adoção de um modelo não tradicional de calendário escolar permitirá fornecer feedback regular a alunos e famílias e estabelecer momentos formais de avaliação com maior regularidade.


2018/2019

O Agrupamento de Escolas Fernando Casimiro Pereira da Silva é uma das seis escolas públicas portuguesas envolvida no Projeto-Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP).

pip_logo.jpg

Com esta experiência-piloto, espera-se não só melhorar a qualidade das aprendizagens dos alunos, mas também gerar conhecimento sobre fatores que podem facilitar ou dificultar a futura implementação, em contexto escolar, de medidas inovadoras orientadas para o sucesso educativo.

Foi compromisso do Ministério da Educação dar autonomia às escolas para reorganizarem turmas, horários, matriz curricular, programas e calendário escolar, ou seja, para romperem com a legislação que determina muitas das normas que regem as escolas e, em parte, limitam a ação dos professores. A garantia, ainda, de não impor modelos, nem metodologias de trabalho, confiando às escolas a possibilidade de criarem projetos audazes, contextualizados e únicos, consoante as necessidades dos seus alunos e os recursos disponíveis.

Acordados os termos da iniciativa e partilhados os seus princípios fundamentais, entretanto formalizados no Despacho n.º 3721/2017, de 7 de abril, o ano letivo de 2016-2017 decorreu com a conceção dos Projetos-Piloto de Inovação Pedagógica (PPIP).

Os agrupamentos de escolas envolvidos – Freixo (Ponte de Lima), Cristelo (Paredes), Marinha Grande Poente (Leiria), Fernando Casimiro Pereira da Silva (Rio Maior), Vila Nova da Barquinha (Santarém) e Boa Água (Sesimbra) – identificam problemas, estabelecem prioridades, mobilizam professores, desenham estratégias e partilham ideias, em diversos encontros da rede de escolas.

Neste sentido, conforme amplamente discutido nas estruturas internas do agrupamento e já implementado em, 2017/2018, as alterações ao calendário escolar, para o ano 2018/2019 e seguinte, assumem-se como das principais estratégias de promoção do sucesso escolar.

Assim, os próximos anos letivos dividir-se-ão em dois semestres. Acreditamos que a adoção deste novo modelo de gestão curricular potenciará o esforço e o trabalho empreendidos pelos alunos e criará novas oportunidades e momentos mais propícios para a regulação das aprendizagens. Consideramos, ainda, que a reorganização do tempo letivo será fundamental para a persecução proficiente do projeto educativo implementado – Sozinhos vamos mais rápido, mas juntos vamos mais longe…

         Atividades Letivas 27 DIAS INTERRUPÇÃO

(23 dias no modelo tradicional)

Interrupções Letivas
SEMESTRE Início Termo Interrupções Letivas Início Termo
1º Semestre 14-set-18 08-fev-19 37 SEMANAS

(35 no modelo tradicional)

1ª Interrupção 05-nov-18 09-nov-18
2ª Interrupção 20-dez-18 02-jan-18
2º Semestre 18-fev-19 19-jun-19 162 DIAS LETIVOS

(159 dias no modelo tradicional)

3ª Interrupção 11-fev-19 15-fev-19
4ª Interrupção 04-mar-19 06-abr-19
5ª Interrupção 15-abri-19 26-abr-19

O ano letivo deverá estar organizado, por contraponto com o modelo tradicional, da seguinte forma:

calendário4

Com esta proposta de calendário escolar pretende-se trabalhar numa lógica semestral, com ajuste nas interrupções letivas, por forma a encurtar os períodos contínuos de atividade letiva, possibilitar a recuperação de aprendizagens e incluir nas práticas pedagógicas momentos frequentes de balanço do trabalho desenvolvido e dos resultados alcançados. A adoção de um modelo não tradicional de calendário escolar permitirá fornecer feedback regular a alunos e famílias e estabelecer momentos formais de avaliação com maior regularidade.

No corrente ano letivo, os alunos realizarão provas de aferição nas seguintes disciplinas:

Entre 2 a 10 de Maio/2019 5ª F – 6 Junho/2019 4ª F – 12 Junho/2019 2ª F – 17 Junho/2019 4ª F – 19 Junho/2019
2.º Ano
Expressões Artísticas (27)
Expressões Físico -Motoras (28)
9h30 — 8.º ano
Português (85)
Português Língua Segunda (82)
9h30 — 8.º ano
História e Geografia (87)
10h00 — 2.º ano
Português e Estudo do Meio (25)
10h00 — 2.º ano
Matemática e Estudo do Meio (26)
11h30 — 5.º ano
Matemática e Ciências Naturais (58)
11h30 — 5.º ano
História e Geografia de Portugal (57)
Entre 20 e 29 de maio /2019 5.º Ano – Educação Física (59)

As provas finais do 3.º ciclo e de equivalência à frequência terão lugar nas seguintes datas:

CALENDÁRIO DAS PROVAS FINAIS DE CICLO – 9º ANO – 2019
1ª FASE 2ª FASE
terça -feira
18 de junho
sexta -feira
21 de junho
quinta -feira
27 de junho
sexta -feira
19 de julho
segunda-feira
22 de julho
9h30 — 9.º ano
PLNM (93) (94)
9h30 — 9.º ano
Português (91)
Português-Língua Segunda
(95)
9h30 — 9.º ano
Matemática
(92)
9h30 — 9.º ano
Português (91)
Português Língua Segunda (95)                PLNM 93) (94)
9h30 — 9.º ano
Matemática (92)
Afixação de pautas: 15 de julho Afixação de pautas: 5 de agosto
Afixação dos resultados dos processos de reapreciação: 12 de agosto Afixação dos resultados dos processos de reapreciação: 26 de agosto

Nota Informativa sobre o Calendário Escolar 2018/2019:

  download   Nota_Informativa_Calendario_2018_2019

Create your website at WordPress.com
Get started
%d bloggers like this: