Já foi publicado o relatório do Estado da Educação 2018 produzido pelo Conselho Nacional da Educação (aqui).

Na primeira parte, apresenta-se a evolução da situação do País relativamente a um conjunto de indicadores, tendo como referência as metas da Estratégia para a Educação e Formação 2020 e os objetivos de desenvolvimento sustentável da Agenda 2030 da ONU.

Na segunda parte, descrevem-se oito casos inspiradores de escolas e outras instituições educativas que têm contribuído, por serem exemplificativas de estratégias de mudança, para que todos ­­− crianças, jovens e adultos − possam aprender.

A terceira parte “Olhares para o Futuro” inclui textos de diferentes autores que alertam para áreas e problemas a que urge atender.

O AEFCPS é uma das 8 escolas apresentadas no estudo de caso (pág. 140 a 158) e é ainda referência no artigo de Neuza Pedro e João Filipe Matos sobre As Tecnologias nas Escolas: (requerem) novas ferramentas, novos espaços e novas dinâmicas (pág. 299).